Planejamento financeiro: como identificar que preciso de um?

Sabemos que o empreendedor passa por muitas incertezas durante a sua trajetória. Entretanto, é possível reduzi-la com um bom planejamento. E quando falamos de finanças esse cenário não é diferente, pois podemos trabalhar com um planejamento financeiro para orientar o empreendedor e a sua empresa.

 

planejamento financeiro

 

E, como saber se meu planejamento financeiro está ineficiente?

Vamos listar cinco indícios que mostram para você que a sua empresa precisa de um melhor controle financeiro. Eles são:

  1. Entrar em cheque especial: nesse caso a pessoa precisa de empréstimos do banco para poder gastar mais dinheiros. O crédito fornecido é estipulado de acordo com as informações cadastrais e movimentação financeira do cliente. O problema é que os bancos cobram juros muito elevados, pois ele é uma linha de crédito em que os empréstimos são concedidos sem garantias. Por isso, o uso é recomendado apenas em situações de emergência.
  2. Incerteza de investimento: o empreendedor não sabe qual é o momento certo para fazer um investimento. Ele não entende os benefícios de cada investimento e não sabe como priorizar quais são importantes e quais são essenciais.
  3. Não saber como gerenciar o fluxo de caixa: nesse caso, o empresário não tem um controle do dinheiro que entrou e saiu do seu empreendimento. Muitas vezes os métodos que  usam para gerenciamento são defasados, como planilhas pouco elaboradas ou anotações em cadernos. 
  4. Não trabalhar com caixa e competência: o conceito de caixa remete a toda a quantia de dinheiro que entrou ou saiu da conta do empreendimento. Competência, por outro lado, é tudo aqui que sabemos que vai entrar na conta. Pode ser tanto uma quantia financeira, como um bem material. Quando os empreendedores não utilizam esse conceito pode haver grandes problemas, como a perda de um possível investimento ou gasto excessivo que pode levar a empresa a falência. 
  5. Não ter um gerenciamento de contas a pagar e receber.

Conclusão

Ter um bom controle financeiro te ajuda a superar os indícios listados anteriormente. Por isso, escrevemos 5 dicas para melhorar o controle financeiro da sua empresa. Conheça também 10 aplicativos de gerenciamento para você e a sua empresa.

 

Planejamento financeiro para pequenas empresas

O Planejamento Financeiro é essencial para quem deseja tomar decisões mais assertivas em torno de seus objetivos financeiros, além de se destacar como uma ferramenta de gerência tanto a nível pessoal quanto empresarial.

Mas qual é o momento ideal para fazer um planejamento financeiro?

O período para executá-lo, geralmente, varia de empresa para empresa. Algumas preferem realizar para um ano pois acaba coincidindo com o ano fiscal. Porém, outras organizações o fazem diferente como, por exemplo, por período de gestões, por trimestre ou semestre. Além disso, existem diversas metodologias que podem ser adotadas para realizar o planejamento financeiro. Algumas empresas o fazem através do alinhamento de metas de receita com um período de tempo e outras o realizam dividindo em tipos de gastos como, por exemplo, gastos operacionais e gastos de investimento.

Então, como fazer?

Dependendo do mercado que a empresa atua, a escolha da metodologia deverá estar alinhada com a realidade do mercado daquele momento e levar em consideração o fluxo de movimentações financeiras.

Empresas com alto fluxo de movimentações financeiras preferem realizar planejamento trimestrais ou semestrais pois, dessa forma, possuem mais controle sobre processo além da agilidade para prever algum imprevisto.

Já para pequenas empresas, um bom gestor irá precisar de algumas ferramentas para realizar um bom planejamento financeiro:

  • Conhecer e entender as necessidades da empresa
  • Conhecer e entender os objetivos da empresa para o período em questão
  • Levar em consideração o mercado, o momento e as tendências do mercado em que a empresa está inserida
  • Analisar o histórico da empresa e suas demonstrações contábeis

Através da execução de um bom planejamento financeiro a empresa consegue prever dificuldades futuras, traçando planos de ação imediatos e facilitando a tomada de decisão, a fim de evitar perdas do controle da empresa.

É importante reforçar que apenas a elaboração de um bom planejamento financeiro não é suficiente para garantir bons resultados. A execução do mesmo é que garante que os resultados sejam atingidos, ou seja, cabe ao gestor tomar as decisões necessárias para atingir as metas estipuladas. Sem esse acompanhamento todo o planejamento torna-se falho.

O acompanhamento pode ser facilitado através de alguns aplicativos de gerenciamento conforme tratamos em outro texto. Acesse-o aqui.

Resumindo

Com uma boa elaboração e execução de um planejamento financeiro, alinhado com um bom acompanhamento de gastos a empresa com certeza terá sucesso em suas metas financeiras. O gestor conseguirá, portanto, não só evitar desperdícios mas também aumentar a rentabilidade da empresa, garantindo a sustentabilidade da mesma.

 

Gostou? Compartilhe com aquela pessoa que pode se beneficiar com esse texto.