Soluções inovadoras com uma empresa júnior

Empresa Júnior – 5 vantagens em contratar uma

 

Contextualização

A primeira Empresa Júnior de que se tem notícia surgiu na França em 1969. Universitários que sentiam a necessidade de aplicar, na prática, o conteúdo aprendido em sala de aula fundaram a ESSEC.

Hoje, eles fazem parte do Movimento Empresa Júnior (MEJ), o maior movimento estudantil que transforma a sociedade por meio do empreendedorismo. Aplicando o conteúdo da graduação em forma de projetos, as Empresas Juniores (EJs) se desenvolvem e transformam a vida de seus clientes através de soluções inovadoras.  Dentro do movimento formam-se os líderes do futuro, pessoas chaves para a mudança do Brasil. 

Vejamos alguns números do movimento brasileiro abaixo:

movimento empresa júnior

Ou seja, é um movimento grande que  cresce a cada dia e os empresários juniores querem mais. Em 2015 foram realizados 2800 projetos nacionalmente e, até julho de 2016, o Movimento já realizou 2190. A meta estabelecida para o ano de 2016 é de 5000 projetos.  Dessa forma, é possível impactar cada vez mais a sociedade, atingido todos os setores empresariais e transformando o Brasil.

Por que, então, contratar uma Empresa Júnior?

Em nosso outro post, discutimos os 7 motivos para contratar uma consultoria. Mas afinal, quais as vantagens ao contratar uma Empresa Júnior? Elas são:

  1. Alto nível de conhecimento e ótima infraestrutura para realizar o projeto: a universidade é um dos maiores polos tecnológicos e intelectuais do país. Portanto, uma empresa júnior possui acesso a uma vasta biblioteca técnica, laboratórios completos e ao conhecimento dos professores. Além disso, as parcerias com empresas seniores fornecem capacitação e treinamentos com as metodologias mais atuais no mercado aos juniores. Todas essas práticas contribuem para a geração de ótimas soluções para os projetos realizados.
  2. Sede por conhecimento: os universitários têm muita motivação para  aplicar o conhecimento de sala de aula na prática. O aprendizado por projetos desenvolve muito a parte técnica e também a visão sistêmica. Portanto, quanto mais projetos realizados, mais conhecimento adquirido e, consequentemente, mais inovação para futuros projetos. Ao se comprometer dessa forma, o empresário júnior estará se preparando para o mercado de trabalho no futuro. Ou seja, dedicação e comprometimento agora para ser um futuro líder onde quer que esteja.
  3. Preço abaixo do mercado: por ser uma organização sem fins lucrativos e gerida por estudantes, o preço de um projeto é bem inferior ao do mercado. Em alguns casos, o projeto chega a ser 10% do valor de um projeto em uma consultoria sênior. Todo o dinheiro adquirido é reinvestido nos membros em forma de treinamentos, capacitações, ferramentas para execução de projetos e infraestrutura em geral.
  4. Flexibilidade com o relacionamento: como a maioria dos projetos são realizados na cidade onde a empresa júnior se encontra, as reuniões costumam ser mais frequentes. Além disso, as EJs são bem flexíveis em relação às necessidades do cliente. Esse tipo de relacionamento é muito benéfico, pois aproxima o cliente do empresário júnior garantido boa comunicação, alinhamento de expectativas, além de um bom relacionamento. Ou seja, a flexibilidade é uma característica muito presente nas empresas juniores.
  5. Rede forte e integrada: como já dito anteriormente, o movimento empresa júnior possui números bastante expressivos. A presença nessa rede permite troca de experiências, compartilhar as melhores práticas em eventos de integração por meio de benchmarkings e do networking. É muito comum absorver novos conhecimentos e práticas com os exemplos de sucesso de outras empresas juniores. Existem casos de empresas juniores que trabalharam em conjunto em um projeto para um cliente trazendo, dessa forma, uma visão diferenciada e uma solução inovadora.

Conclusão

Mesmo com todos os benefícios de um serviço de consultoria, as empresas muitas vezes não sentem necessidade na contratação de uma. Na maioria das vezes, isto se deve a um custo elevado e ao não entendimento do que é esse serviço. Com isso em vista, as Empresas Juniores  se mostram como solução para esse obstáculo. Estas são empresas de consultorias formadas por alunos de graduação que fornecem serviços de qualidade com custo abaixo do mercado.

Dessa forma, ao contratar um serviço de Empresas Juniores, o empresário alavanca os resultados de sua empresa com soluções inovadoras, além de ajudar na formação de líderes do futuro. Essa relação dinâmica se torna um ciclo positivo em que ambas as partes ganham.

Por fim, é importante ressaltar o impacto e a transformação que as EJs causam na sociedade. Há inúmeros casos de projetos bem sucedidos realizados por Empresas Juniores no Brasil e os clientes são os mais diversos. Como exemplo de empresa júnior que trabalha com um mercado heterogêneo podemos citar o projeto da A.C.E Consultoria (link), EJ dos curso de Administração, Economia e Ciências contábeis da UFPE, realizado para a Sadia. O projeto consistiu  em uma análise de mercado na região de Recife e gerou impactos positivos tanto na esfera comercial como social. Confira nesse link os resultados desse projeto.

2 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *